sábado, 27 de outubro de 2012

Onde foi parar o amor?


Acordo todos os dias e vejo notícias absurdas sobre mães que abandonam filhos, pai que matam suas crianças, abuso infantil, pessoas matando por tão pouco; e mesmo ao meu redor, paro e percebo as coisas acontecendo, são relacionamentos acabando, famílias inteira deixando de se falar, amigos que não se suportam mais, intrigas, egoísmo e cobiça para todos os lados.
Não deixo de pensar no futuro de nossas vidas, pois a cada dia que passa essas coisas crescem mais e mais, são roubos, assassinatos e tragédias por todos os lados. Há também pessoas que ganham dinheiro com isso, telejornais sensacionalistas batem índices de audiência todos os dias  promovendo todas estas  notícias catastróficas, me pergunto onde está a graça nisso tudo? Quem sai ganhando quando valorizamos os malfeitores? É como se déssemos ênfase no "lobo-mau" e mal sabermos o nome do lenhador que matou-o...
Vejo há uma inversão de valores, há ganância por toda parte, e pessoas destratando seus semelhantes, e na sociedade já não se faz mais nada por simpatia, educação ou tampouco por amor...
E por falar em amor, gostaria de saber onde ele foi parar, será que em algum desses nossos dias o deixamos de lado em troca de algo mais interessante? Ou será que o perdemos pouco a pouco e hoje já nem ao menos sabemos o que é isso? O que fomos nos tornar....
Onde estão aqueles jantares de família, onde enxiamos as casas com parentes distantes? Aqueles jantares onde sempre apareciam parentes novos que não conhecíamos....
Onde estão aquela turma de amigos que saiam pra tocar um violão na praça, pra jogar bola ou simplesmente pra matar a saudade uns dos outros que o tempo causou ? 
Onde estão os casais sinceros e devotos um ao outro? Que saiam sem compromisso para passear de mãos dadas? Casais aqueles mesmos em que o homem presenteava a sua dama com uma rosa, em qualquer dia ou hora, pois entendia que não precisam de motivos para se presentear uma mulher, pois uma mulher - ao seu entendimento- merece presentes todos os dia. E as mulheres que passavam o perfume que ele gostava, onde estão? Mulheres que aprendiam a cozinhar a comida predileta do seu parceiro apenas pra poder surpreendê-lo em um dia qualquer, foram para onde?
Filhos que respeitavam veemente os pais e que não pensavam apenas em mais e mais presentes.....
Aliás, onde estão as pessoas que se preocupavam umas com as outras e que estendiam os braços sempre que possível ajudando o próximo? Hoje olho ao meu redor e vejo pessoas que sequer respeitam os idosos.

Acredito que o mundo anda carente de amor, anda carente de compaixão. O mundo anda tão carente e nós aqui preocupando-nos somente com nós mesmos...
Entendo que vivemos em um mundo onde tudo é dinheiro e não podemos deixar um segundo para trás, pois precisamos evoluir para acompanhar o ritmo da sociedade. Mas um ato de solidariedade não nos acrescenta nada? Claro que sim, acredito que nos acrescenta muito mais que horas de trabalho. Nesse mundo tão acelerado acabamos por racionalizar demais o mundo em que vivemos e deixamos de SENTIR tudo ao nosso redor, lembre-se sempre que o que vem do peito é tao grande e poderoso quanto o que vem da mente.

Convido-os a simplesmente começarmos a sentir, por um momento ao menos, mais do que pensamos.

Se sentir-se à vontade, faça-o, o que quer que seja. Peça ao rapaz para que dê lugar a senhora que acaba de entrar, devolva o objeto que o senhor acabou de deixar cair, ajude alguém em alguma coisa que não lhe diz respeito, PERGUNTE SE ALGUÉM PRECISA DE AJUDA, se importe, ELOGIE, não é preciso conhecer alguém para elogiá-la, e acreditem, ás vezes o elogio vale tanto para quem o dá quanto para quem o recebe, acabe com este ciclo de ódio em que vivemos, onde uma desavença ou contraversão de dois colegas de trabalho acabam por estourar no filhos dos mesmos, e consequentemente nos amigos deles.... Meus caros, QUEBREM ESTE CICLO!!

O mundo precisa de AMOR, todos nós precisamos. Diga eu te amo a quem sempre te acompanha nos bons e nos maus momentos, a quem gosta de estar junto, quem te ajuda, a quem se preocupa e quem se preocupa com você; e principalmente diga eu te amo a quem você ama, um "eu te amo" não precisa de contexto, é auto-explicativo, não precisa de brecha, não precisa de argumentos, FALE, DEMONSTRE  Amar faz bem. O amor é a prova de que estamos vivos, quanto mais amor se tem no coração, mais vivo está, o amor sempre nos ensina a sermos melhores do que somos....

Desejo a todos um amor sincero e vívido, de amigo e de irmão, platônico, paterno ou materno, enfim, um amor puro e único como todos são.... 

E se eu pudesse dar uma dica a todos você seria: "AMEM, sejá lá o que for, seja lá quem for, amem com todas as forças e incondicionalmente.Poi sem amor nada vale a pena"

Amem, meus amigos, amem .......

2 comentários:

Helena disse...

Às vezes, apenas um sorriso, é capaz de melhorar um dia. E mesmo isso, está escasso atualmente.

Bjão!

Anônimo disse...

Eu precisei ler isso pra lembrar que a vida não gira em torno de trabalho e dinheiro... Amor? É faz falta mesmo, e faz falta há muito tempo já, e a culpa não é do mundo que está girando cada vez mais rápido e sim nossa que fazemos com que ele gire a mil por hora, onde 24h não é o suficiente mais.

Perfeito o texto!

Beijos, Românticooooo!!!

(manu xD)

Postar um comentário

ShareThis